30 de abril de 2009


A
agricultura
Romana


A grande maioria da população, do Império Romano, estava concentrada nas zonas rurais (campo) e a sua principal actividade económica era a agricultura. Esta estava dependente das condições climáticas e das características da região. Os principais produtos agrícolas eram os cereais (nomeadamente o trigo), havia, para fazer o vinho, e a oliveira para o azeite e para as azeitonas de mesa. Nesta altura, o azeite era um produto essencial, não só na cozinha mas também era usado nas candeias para a iluminação e mesmo para a higiene.

Os campos não tinham uma topografia regular. Os romanos eram responsáveis por alguns problemas ambientais (embora muito menos, do que nós hoje em dia) com excessivo pastoreio e o esgotamento dos solos.

8 comentários:

  1. Conhecer a agricultura romana é entender a a agricultura tradicional transmontana. Muito bem! Devem continuar.

    ResponderEliminar
  2. Muito bem, gente seu blog virou até aula de história pra minha turma, sabia?

    ResponderEliminar
  3. Muito bem, meu amigo Carlos ama vocês!

    ResponderEliminar
  4. esse texto me ajudou muito obrigado...

    ResponderEliminar
  5. este texto ajudu me a fazer o meu trabalho de pesqisa

    ResponderEliminar
  6. é né... Tá bom, mes se tivesse mais imagens se tornaria perfeito

    ResponderEliminar
  7. abrigada vc me ajudou muito

    ResponderEliminar